Djalma Bastos, Leles Pontes, Guilherme Nasser e Cláudio Cebolinha são eleitos para a Mesa Diretora 2017/2018

por Maria Tereza Bicalho publicado 03/07/2017 11h15, última modificação 03/07/2017 11h15

O presidente da Câmara de João Monlevade no biênio 2015/2016, Djalma Bastos (PSD), foi reeleito para o mesmo cargo nos próximos dois anos. A Mesa Diretora que conduzirá os trabalhos do Legislativo monlevadense durante o biênio 2017/2018 tem como vice-presidente Leles Pontes (PRB), Guilherme Nasser (PSDB) como Primeiro Secretário e Cláudio Cebolinha (PTB) como Segundo Secretário. A eleição da mesa ocorreu na manhã do dia 1º de janeiro, durante a posse dos 15 vereadores, prefeita e vice-prefeito eleitos para o mandato de 2017 a 2020.

A cerimônia ocorreu no Teatro Professor Antônio Gonçalves, no Centro Educacional de João Monlevade. A banda Harmonia Celeste, do Templo Arca da Assembleia de Deus, recepcionou a todos com interpretação de grandes sucessos. Além dos vereadores eleitos, ocuparam lugares ao palco o ex-prefeito Teófilo Torres, o deputado estadual Tito Torres (PSDB), o vice-prefeito Fabrício Lopes e a esposa Simone Lopes e, ainda, a prefeita Simone Moreira e seu marido, o ex-prefeito Carlos Moreira. Em cumprimento ao Regimento Interno da Câmara, o presidente Djalma Bastos conduziu os trabalhos.

Conforme alteração do Regimento Interno, o vereador com o maior número de legislaturas é quem fez o juramento de posse dos vereadores. Sinval Dias (PSDB), que está em seu sexto mandato, o fez. Logo após, todos os vereadores, nominalmente, disseram “Assim o prometo”, para que então o presidente declarasse todos empossados. Simone Moreira e Fabrício Lopes também fizeram o juramento e foram declarados empossados por Djalma Bastos.

Voto aberto para eleição da Mesa

Ainda obedecendo ao novo Regimento da Câmara, a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2017/2018 foi aberta. Cada vereador foi chamado ao microfone para declarar ‘Sim’, em caso de apoio à chapa, ou ‘Não’, em voto contrário. A eleição contou com chapa única, encabeçada por Djalma Bastos, tendo como demais componentes Leles Pontes, Guilherme Nasser e Cláudio Cebolinha. A chapa foi eleita com 11 votos favoráveis, abstenção dos petistas Belmar Diniz e Gentil Bicalho, além do vereador Thiago Titó (PDT) e voto contrário de Pastor Carlinhos (PMDB).

Logo após, os vereadores fizeram uso da palavra. Todos reafirmaram seu compromisso com a população de atuarem além das causas partidárias. Djalma Bastos aproveitou o momento para agradecer aos vereadores a eleição da mesa. “Vamos continuar trabalhando de forma a valorizar a Câmara Municipal, os vereadores e servidores, e reforçar a nossa importância para o desenvolvimento do município”, destacou Djalma.

Mandato para os mais necessitados

Simone Moreira também fez uso da palavra. Mais uma vez, ela destacou que seu mandato será voltado aos mais necessitados. Além disso, a prefeita se comprometeu a dar continuidade à boa gestão de Teófilo Torres. Simone ainda agradeceu o apoio do grupo que a elegeu. “Agradeço pelo apoio desde o momento em que fui escolhida para disputar as eleições como candidata à prefeita. Nosso grupo é forte, composto por pessoas sérias e que continuarão nos apoiando para realizarmos um bom trabalho em João Monlevade”, declarou. Fabrício Lopes reforçou as palavras de Simone. “Estarei presente, junto a ela, em todos os momentos. Vamos governar juntos. E convoco a todos os vereadores para nos ajudar. Questões partidárias ficaram no período eleitoral”, disse Fabrício.

error while rendering plone.comments