Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Comissão de Participação Popular da Câmara de João Monlevade realiza segunda reunião

Comissão de Participação Popular da Câmara de João Monlevade realiza segunda reunião

por Flávio Lial publicado 12/07/2021 09h56, última modificação 12/07/2021 09h56
Durante o encontro, mais dois cidadãos fizeram o uso da tribuna

Na tarde dessa quinta-feira, 8, a Comissão de Participação Popular da Câmara Municipal de João Monlevade, realizou a segunda reunião com a presença de mais dois cidadãos, que fizeram o uso da Tribuna Popular. A reunião, que ocorre sempre na quarta quinta-feira do mês, foi antecipada devido ao recesso parlamentar.

A primeira pessoa a fazer o uso da tribuna foi a Dhayana Mello Silva. Ela contou que trabalhava como motorista de ônibus e que há 6 anos, sofreu um acidente doméstico e ficou paraplégica. “Já conhecia um pouco da dificuldade dos cadeirantes em acessar os ônibus, mas hoje estando nesta situação, me deparei com várias outras dificuldades que não teria observado se não fosse cadeirante”, relatou.

Dhayana cobrou para que tenha mais fiscalização e regulamentação das vagas de estacionamento, bem como acessibilidade ao comércio e bancos. Ela sugeriu a instalação de rampas de acesso e a adequação das calçadas.

Sobre as vagas de estacionamento, ela informou que há dois anos fiscalizou, juntamente com o presidente da Acinpode, as vagas de estacionamento no município. “Para mim foi uma surpresa saber que apenas 3 vagas estavam dentro do padrão, para que o portador de necessidades especiais tenha autonomia para entrar e sair do veículo. Eu vejo que hoje a Câmara, por exemplo, oferece acesso ao deficiente físico, mas isto não ocorre em todos os setores públicos”, relatou.

O segundo a fazer uso da tribuna foi o empresário Marcos Lima Reis. Ele apresentou propostas alternativas para o desenvolvimento econômico no município, com o objetivo de atrair empresas e buscar outras fontes de renda para a cidade, sobretudo no apoio e incentivo a pequenas e médias empresas. Marcos informou que o foco é na logística ferroviária e criação de EAD (Estação Aduaneira). “Precisamos pensar em formas de incentivo para atrair empresas para o município. João Monlevade não tem uma localização geograficamente interessante, mas estrategicamente sim”, disse.

Participaram da reunião os membros da Comissão vereadores Marquinho Dornelas (PDT) e Pastor Lieberth (DEM) e os parlamentares Belmar Diniz (PT) e Thiago Titó (PDT). Os vereadores se colocaram à disposição para encaminhar os ofícios cobrando soluções além de promover outros encontros com os órgãos responsáveis para discutir as sugestões.

error while rendering plone.comments
Redes Sociais

         

Posto de Identificação

 

Frente Parlamentar

Procon

Acesso Informação

Transparência